Notícia

Substância química comumente encontrada em produtos de consumo pode interromper hormônio necessário para uma gravidez saudável

Estudo foi o primeiro a examinar o impacto dos ftalatos sobre o hormônio liberador de corticotrofina placentário

Camylla Battani via Unsplash

Fonte

Universidade Rutgers

Data

terça-feira, 18 janeiro 2022 06:20

Áreas

Bioquímica. Saúde.

A exposição a ftalatos – um grupo de produtos químicos encontrados em vários produtos, de plásticos a produtos de cuidados pessoais e eletrônicos – pode interromper um importante hormônio necessário para sustentar uma gravidez saudável, de acordo com estudo da Universidade Rutgers, nos Estados Unidos.

O estudo, publicado na revista científica Environment International, foi um dos primeiros a examinar o impacto dos ftalatos, adicionados aos plásticos para aumentar sua flexibilidade, sobre o hormônio liberador de corticotrofina placentário (pCRH), que é produzido pela placenta e aumenta ao longo da gravidez. O hormônio desempenha um papel importante na promoção do início do trabalho de parto, mas quando os níveis são altos ou aumentam rapidamente no início da gravidez, pode contribuir para problemas de parto prematuro e crescimento fetal, bem como hipertensão, diabetes e depressão pós-parto.

“Todos nós estamos expostos a ftalatos em nosso ambiente por meio dos produtos que usamos e dos alimentos que comemos”, disse a Dra. Emily S. Barrett, professora da Escola de Saúde Pública da Universidade Rutgers e membro do Environmental and Occupational Health Sciences Institute. “Nossas descobertas mostram que esses produtos químicos podem alterar a produção de hormônios placentários essenciais, o que tem implicações importantes para o curso da gravidez, bem como para a saúde e desenvolvimento da criança”.

Os pesquisadores analisaram dados de 1.018 mulheres grávidas de baixo risco com fetos únicos, em dois momentos: no meio e no final da gravidez.

Eles descobriram que a presença de vários ftalatos estava associada a níveis mais altos de hormônio pCRH no meio da gravidez, mas pCRH mais baixo no final da gravidez. Esses níveis foram mais fortes em mulheres que desenvolveram complicações na gravidez, como diabetes gestacional e hipertensão, sugerindo que as mulheres que desenvolvem complicações podem ser particularmente vulneráveis ​​a essa interrupção hormonal. Este é um dos primeiros e maiores estudos até agora que examinou como esses produtos químicos e a conexão com o CRH interrompem a função do sistema endócrino, que é especialmente delicado durante a gravidez.

“As associações entre ftalatos e pCRH entre mulheres com complicações na gravidez ficaram mais fortes ao longo da gravidez. Sabemos muito pouco sobre como as mulheres com complicações na gravidez são afetadas por exposições ambientais. Este estudo prepara o terreno para futuras pesquisas nessa área”, destacou a Dra. Emily Barrett.

O pCRH produzido pela placenta é idêntico em estrutura ao hormônio liberador de corticotropina (CRH) produzido pelo cérebro ao responder ao estresse. Embora este estudo não tenha apontado que as mulheres que sofreram traumas na infância estariam mais vulneráveis ​​aos efeitos desreguladores hormonais dos ftalatos, pesquisas anteriores descobriram que os níveis de pCRH eram mais altos em mulheres que sofreram traumas na infância, sugerindo que eventos traumáticos podem afetar a gravidez décadas depois.

Acesse o artigo científico completo (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade Rutgers (em inglês).

Fonte: Michelle Edelstein, Universidade Rutgers. Imagem: Camylla Battani via Unsplash.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que  cadastrados no Canal Ambiental e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Ambiental, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2022 ambiental t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Meio Ambiente, Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account