Inovação Tecnológica

Processo para obtenção de nanopartículas de cobre

Biorremediação de águas residuais

Processo para obtenção de nanopartículas de cobre a partir de Rhodotorula mucilaginosa, uso de Rhodotorula mucilaginosa e nanopartículas de cobre.

 

Ennomotive

DESCRIÇÃO DA INOVAÇÃO

Metais pesados são os maiores contaminantes de rios e efluentes industriais. Por ser um elemento muito reativo e bioacumulativo em organismos vivos, metais pesados têm recebido atenção especial, uma vez que alguns são extremamente tóxicos até mesmo em quantidades muito baixas, como, por exemplo, cromo, cádmio e mercúrio. O uso de fungos e leveduras para a remoção ou redução desses poluentes é uma alternativa ambientalmente adequada, uma vez que o impacto ambiental causado por esses tipos de remediação é pequeno.

Assim, esta invenção refere-se a um processo para a obtenção de nanopartículas de cobre a partir de Rhodotorula Mucilaginosa e ao uso de biomassa morta de Rhodotorula Mucilaginosa para realização de biorremediação de águas residuais e para produção em escala industrial de nanopartículas de cobre.

A inovação pode ser utilizada no campo da biotecnologia. Empresas que se interessam pelo desenvolvimento sustentável.

DIFERENCIAIS DA INOVAÇÃO

Processo inovador de biorremediação

Fonte

USP

Universidade de São Paulo

Agência USP de Inovação

Origem

Escola Politécnica, Departamento de Engenharia Química

Área(s)

Tratamento de Resíduos. Desenvolvimento Sustentável.

Identificação da(s) Patente(s)

BR 102014019073-2

Situação da Patente

Requerida e Publicada

2020 Canal Ambiental | Canal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Meio Ambiente, Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account