Inovação Tecnológica

Pré-tratamento de biomassa para produção de etanol 2G

Biomassa para etanol

Processo de pré-tratamento de biomassa lignocelulósica, obtenção de solução celulósica e uso

 

Pixabay

DESCRIÇÃO DA INOVAÇÃO

A invenção trata do pré-tratamento de biomassa lignocelulósica a partir de líquidos iônicos práticos visando à obtenção de açúcares via hidrólise enzimática para produção de etanol 2G.

A crescente necessidade de ampliar de modo sustentável o uso de fontes renováveis de energia encontra no bioetanol de resíduos agrícolas uma alternativa com significativo potencial de expansão. Porém, atualmente ainda há grande dificuldade na obtenção de glicose a partir de biomassa utilizando-se apenas de métodos “limpos”. Este foi o desafio encarado pela presente invenção.

O novo processo realiza o pré-tratamento de biomassa lignocelulósica, preferencialmente do bagaço de cana-de-açúcar, a partir de líquidos iônicos, visando à obtenção de açúcares via hidrólise enzimática, para produção de etanol de segunda geração. Apresenta ótimos rendimentos, alta eficiência de conversão de glicose e boa relação de custo-benefício. Também reduz a utilização de produtos tóxicos e minimiza a geração de resíduos e subutilização de recursos.

DIFERENCIAIS DA INOVAÇÃO

Ótimo rendimento

Alta eficiência de conversão de glicose

Reduz a utilização de produtos tóxicos

Minimiza a geração de resíduos

Fonte

UNICAMP

Universidade Estadual de Campinas

Agência de Inovação da Unicamp

Origem

Faculdade de Engenharia Química

Área(s)

Tratamento de Resíduos

Identificação da(s) Patente(s)

BR 10 2015 019107 3 A2

Situação da Patente

Requerida e Publicada

2020 Canal Ambiental | Canal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Meio Ambiente, Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account